Programa

Estrutura Curricular

As aulas são distribuídas nas disciplinas que compõem o núcleo básico, conforme descrito abaixo. Serão apresentados modelos computacionais disponíveis na indústria, a fim proporcionar aos alunos aplicações em estudos de casos, além de serem promovidas palestras com a participação de especialistas convidados. Módulos constantes do curso:

Módulo 1 – Legislação, Contextualização e Conceitos Fundamentais de Avaliação e Gerenciamento de Riscos

Contextualização da questão de riscos; apresentação de conceitos fundamentais; apresentação da respectiva legislação nacional e internacional.

Módulo 2 – Técnicas de Identificação de Falhas e de Perigos

Análise de modos de falhas, criticalidade e efeitos (FMECA); Análise Preliminar de Riscos (APR); Análise de Perigos e Operabilidade (HAZOP)

Módulo 3 – Coleta e Tratamento de Dados de Falhas

Métodos para a coleta e tratamento de dados; apresentação de normas e bancos de dados nacionais e internacionais

Módulo 4 – Engenharia de Confiabilidade/Cálculo da Frequência de Cenários Acidentais

Apresentação de técnicas e modelos de engenharia de confiabilidade:- Análise de Modos, Efeitos e Criticidade de Falhas (FMECA); metodologia de cálculo da confiabilidade/disponibilidade de sistemas/componentes; modelos utilizados: diagrama de blocos, árvores de falhas; árvore de eventos; exemplos de modelos cadeias de suprimento

Módulos 5 – Modelos de Consequências

Introdução: Termo fonte, Modelos de dispersão; modelo de Pasquill-Guifford; gases densos; modelos de incêndios e explosões; cálculos de efeitos físicos e vulnerabilidade

Módulo 6 - Segurança de Processo

Conceitos gerais; introdução à Segurança de Processo; legislação (Brasil e exterior); indicadores de performance (KPIs); abordagem em empresas  e suas implicações

Módulo 7 – Manutenção Centrada em Confiabilidade

Conceitos fundamentais; metodologia e modelos utilizados; aplicação da técnica

Módulo 8 – Fundamentos da Gestão de Integridade de Ativos

Gestão da integridade de ativos; estudos e  técnicas de inspeção baseada em risco;

Tratamento e análise crítica de dados reportados; normas e bancos de dados nacionais e internacionais, ferramentas de apropriação de dados (ERP: ex. SAP/MAXIMOS);

Módulo 9 – Critérios de ‘tolerabilidade’ de riscos

Formas de expressão de Riscos – Taxas de Acidentes Fatais; Matrizes de Risco; Risco Social; Risco Individual; Critérios adotados em nível nacional e internacional

Módulo 10 – Programas de Gerenciamento de Risco (PGR)

Estrutura e tópicos envolvidos; normas internacionais; planos de emergência

Módulo 11 – Administração de Crises e a Continuidade de Negócios (‘Business Continuity’)

Natureza das crises organizacionais; tipologia; anatomia; processos de incubação; ‘system failures’; efeito de crises; desenvolvimento e implantação de ‘Crisis teams’; processo de decisão em situações críticas;

Estratégias/metodologias para a estruturação e a implementação de programas de gestão da continuidade de negócios (‘business continuity management’) e a utilização de técnicas de engenharia de confiabilidade e de avaliação de riscos, com base em publicações nacionais e internacionais; identificação de eventos/cenários que possam causar a interrupção de negócios; avaliação das probabilidades de ocorrência e dos impactos associados; diretrizes para a provisão de respostas adequadas e  para a recuperação das operações.

Módulo 12 - Aplicação de conceitos de confiabilidade humana em projetos industriais - Conceitos, métodos e resultados 

Conceitos de confiabilidade humana e funcionamento humano no trabalho: memória; habilidade cognitiva; detecção; tratamento de informações, resolução de problemas, estratégias; metodologia para aferição de níveis de cooperação humana nos processos de alto risco; mapeamento do trabalho coletivo: - interações, comunicações, interferências; ferramentas para aplicação dos conceitos de confiabilidade humana em avaliação e projeto de sistemas sócio-técnicos: - simuladores de atividades; apresentação de estudos de casos e resultados.

Módulo 13 -  Cultura de Segurança e Fatores Humanos aplicados a Sistemas de Escape e  Abandono

Valores Fundamentais de Formação da Cultura de Segurança; importância dos fatores humanos no Gerenciamento de Riscos; aspectos gerais de segurança de instalações offshore;

visão geral de regulamentação técnica para escape e abandono de instalações offshore; emergência de escape e abandono em acidentes reais (Piper Alpha, Costa Concordia); simulação computacional de escape e abandono em instalações offshore

  

Módulo 14 – Apresentação de um caso base – AQR

Módulo 15 – Gestão de Processos

Avaliação dos alunos

Aplicação de provas e apresentação de trabalhos