Cris Faustino

Bacharel em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (2003). Com formações complementares em diferentes temas sociais, especialmente vinculados aos direitos humanos, econômicos, sociais, culturais e ambientais, e sobre populações e sujeitos de direitos. Feminista negra antirracista, ambientalista, escritora e ativista social. Atuante, desde 1999, em organizações da sociedade civil voltadas para a promoção dos direitos humanos, enfrentamento às desigualdades e injustiças sociais.  Principais experiências acumuladas: educação popular, formação de formadores e junto à servidores e servidoras públicas, planejamento, gestão e captação de recursos em organizações da sociedade civil; planejamento de órgãos públicos; avaliação de organizações da sociedade civil, elaboração e gerenciamento de projetos, produção, e revisão, textual, e de documentos técnicos; coordenação de pesquisas; organização de eventos; coordenação de equipes de trabalho e gestão de pessoal, missões de direitos humanos, coordenação de redes, fóruns e outros coletivos; condução/mediação de reuniões, plenárias, mesas de debate; representação institucional, análise de conjuntura,  fala pública e incidência política; diálogos e articulações com diferentes sujeitos da sociedade civil e poder público. Atualmente trabalha no Instituto Terramar no Ceará, exercendo cargo de membro da coordenação colegiada, e é presidente do Conselho Estadual de Defesa de Direitos Humanos, representando a sociedade civil. Temas de interesse no momento: meio ambiente e direitos humanos, desigualdades estruturais e fortalecimento da democracia.